Fique a PAR

  • Liz Unikowski


Quando pensamos em pequenas mudanças de hábito, não podemos deixar de lembrar que são transformações positivas para o meio ambiente e para você também.


Foto - Jakub Kapusnak - Unsplash

Na alimentação por exemplo, saber a procedência do seu alimento pode ser muito mais legal!


Já pensou que assim pode incentivar pequenos produtores, comércio local e ter boas relações com quem colhe sua comida?Evitar industrializados, é evitar também alimentos modificados, sódio, conservantes e embalagens desnecessárias.

Foto - Neonbrand - Unsplash

Que tal reduzir a frequência do consumo de carne? Além dos confinamentos de gado serem bem cruéis com os animais, já temos comprovações de que a produção de carne em escala global é um dos principais responsáveis pelo efeito estufa e gasta um volume de água absurdo em toda sua produção.


89 visualizaçõesEscreva um comentário
  • Liz Unikowski

Temos uma boa notícia!


Você pode mudar o mundo com pequenas atitudes : )


Que tal conferir pequenas e simples mudanças de hábitos no seu dia a dia pra trazer um impacto positivo em nosso ecossistema?


Hoje estamos acostumados com diversas facilidades para nosso corre-corre diário. A oferta de produtos milagrosos para limpeza e beleza, roupas que nos deixam maravilhosas e com preços acessíveis, alimentos práticos e saborosos. Já pensou de onde vem, como e de que são feitos seus produtos? E pra onde eles vão depois que os descarta?


A questão hoje, é o preço que o meio ambiente e nossa saúde pagam por isso.


Enquanto corremos de um lado para o outro, trabalho, filhos, amigos, eventos, não sobra muito tempo pra cuidar da casa. O nosso lar reflete em nós e fazer dele o mais agradável e sustentável certamente vai trazer mais saúde e paz no coração.


Sobre produtos de limpeza:


Além de optar por produtos sem componentes químicos, o bom e velho sabão de coco é uma ótima escolha.


Pode usá-lo para lavar louça ou ralar um pouquinho para substituir o sabão em pó na hora de lavar roupas.


Escolher uma bucha vegetal que pode ser compostável no fim do seu uso e evitar esponjas que levam anos para se decompor também faz diferença, né?


Sobre hábitos diários:


Temos acesso à água e energia em abundância, transportes rápidos e eficientes. Este fato nos faz esquecer como esta praticidade chega até nós, quais os impactos ambientais deste uso e quando estas práticas são exageradas e passam de facilitadores a um desperdício. Um pouquinho de atenção já é um grande passo para o uso eficiente da nossa tecnologia.


Por isso, aproveite ao máximo a iluminação natural, evite desperdícios de energia com aparelhos ligados na tomada mesmo quando não estão em uso, o meio ambiente e o bolso agradecem.


Foto - Chrissie Kremer - Unsplash

A máquina de lavar consome bastante energia elétrica e água, procure usá-la somente em sua capacidade máxima.Usar escadas é uma forma de poupar energia e tonificar músculos.


Evite o carro sempre que possível, aproveite o ar livre com caminhadas, bicicletas. Pra quem não abre mão do conforto do carro, que tal oferecer carona?


Essas e outras atitudes são novos hábitos que nos tiram da zona de conforto e nos transformam em agentes ativos dessa mudança tão necessária.

46 visualizaçõesEscreva um comentário
  • Liz Unikowski


O primeiro post vamos focar nos oceanos e impactos ambientais que prejudicam a biodiversidade e consequentemente nossa existência.


Oceanos de Plástico




Começando com uma informação importante, tem no Netflix!


O filme é muito completo sobre todas as questões e impactos da quantidade de plásticos nos oceanos. Todo mundo já ouviu alguma coisa sobre o assunto ou viu a foto da tartaruga com o canudinho no nariz, mas quando se vê todos esse animais que vivem e se alimentam da biodiversidade dos oceanos, machucados e morrendo de tanto plástico no estômago, nos damos conta que esta já é uma realidade cruel que precisamos encarar. Agora imagina saber que populações são inundadas por ilhas de plásticos. Materiais que nunca geraram em suas terras, vindos de outros continentes, cheios de toxinas e substâncias cancerígenas?!

Apenas assistam!


Collapse of the Oceans



Tem no Youtube :)!

Nesse filme, aquele "gatinho" da série Dawsons Creek, que é apaixonado pelos mares, vai atrás de explicações sobre o que está havendo com a vida marinha e as mudanças que sofreu nos últimos anos.

A partir dele, entendemos o quanto que a situação é alarmante e percebemos que não temos muito tempo para mudar. Ele também mostra o como populações com economias baseadas na pesca estão sofrendo com estes impactos. Mas talvez a gente não se importe já que parece uma situação distante, né?!


Os dois filmes abordam o mesmo tema, as vezes compartilham as mesmas informações e entrevistas com especialistas. Mas a situação é de emergência, quanto mais assistirmos, mais cairemos na real!


Estamos habituados a adquirir coisas por uma questão de gosto, vejo muitas pessoas falarem que não são elas que farão a diferença. Assim seguimos enchendo nossos mares e aterros com canudinhos, garrafas, copos e todo tipo de plástico barato e cancerígeno.


Está cada vez mais claro que nossos ações impactam e refletem em todo mundo. O planeta terra é um só, e é NOSSO. Será mesmo que uma pessoa não fará a diferença?!

Empatia, coletividade, colaboração, atenção e boas escolhas, certamente já serão um belo início :). Não esqueçam que o tempo fica cada vez mais curto, a ação de cada um pode mudar o mundo e mover montanhas, mesmo que sejam de lixo.

6 visualizaçõesEscreva um comentário

Jessica Unikowski  - CNPJ: 21.382.431/0001-30 - Escritório: Rua Visconde de Pirajá, 4, sala 701.

Ipanema. Rio de Janeiro - RJ - Tel: +5521-981647595 - contato@usepar.com